marketing


Ao contrário do que se pode imaginar, o
marketing é um ponto central da atuação de qualquer empresa e organizar um setor voltado para ele é fundamental.

A percepção e o julgamento das pessoas a respeito da marca estão diretamente atrelados às ações de marketing que ela promove.

Dessa forma, é indicado fundar um setor exclusivamente dedicado a esse aspecto do negócio.

Ao contar com uma equipe profissional capacitada e atualizada, o gestor está garantindo que todas as estratégias sejam devidamente discutidas e desenvolvidas.

A longo prazo, isso influenciará todos os departamentos da empresa, desde a visibilidade da marca até as táticas de pós-compra.

Isto posto, este texto é voltado para quem deseja saber como organizar o setor de marketing, incluindo a composição de uma equipe competente e a estruturação de planejamentos, acompanhe.

Como começar um setor de marketing?

Quando o assunto é setor de marketing, pensar previamente na organização dele é muito importante porque dá um senso de direção para a empresa.

Ele precisa ser plenamente integrado à dinâmica produtiva do negócio. Isso envolve, entre outros aspectos, as estratégias, metas e profissionais envolvidos.

Portanto, saiba mais sobre esses e outros elementos nos tópicos a seguir.

Pense em metas

A implementação de um setor de marketing deve ser baseada em metas e objetivos concretos.

Reúna-se com seu time e defina quais são as necessidades da empresa e como elas podem ser sanadas pelo marketing. Alguns exemplos de metas são:

  • Aumentar o tráfego no site;
  • Aumentar o número de conversões mensais;
  • Melhorar a segmentação de anúncios;
  • Promover novos produtos.

Uma vez que as metas e os objetivos forem definidos, já é possível começar a desenvolver estratégias.

Recrute profissionais qualificados

Quando os objetivos são definidos, o gestor tem uma boa noção do tipo de profissional que ele está buscando para fazer parte do setor de marketing do empreendimento.

O processo de contratação deve seguir essa diretriz. Procure deixar claro aos candidatos que as vagas exigem conhecimentos variados.

Por exemplo, é de extrema importância que os profissionais saibam como operar o Twitter Ads.

Apesar de ser possível oferecer treinamento e capacitação já dentro da empresa, contratar colaboradores que já tenham experiência anterior é mais indicado.

Planeje as estratégias

Com as metas definidas e os profissionais contratados, é hora de se dedicar ao planejamento.

Um ponto vital é decidir quais serão os meios de comunicação utilizados em cada estratégia.

O investimento em ações de inbound marketing deve vir acompanhado de estudos que apontem quais são as plataformas mais potencialmente lucrativas para a empresa.

Não é obrigatório marcar presença em todas as redes sociais, por exemplo.

O ideal é escolher os canais que o público-alvo do empreendimento mais utilizam, e assim, amplificar os resultados.

Cuide da gestão

É preciso saber gerir toda a equipe para garantir um bom nível de produtividade e organização.

Busque delegar tarefas de forma justa e igualitária, para evitar que os funcionários fiquem sobrecarregados.

Também se comunique livremente com os colaboradores para identificar os pontos fortes e fracos de cada um.

Com isso, você terá a capacidade de escolher as melhores funções para os melhores colaboradores e o trabalho vai fluir com mais plenitude.

Considere utilizar ferramentas de gestão de projetos para otimizar esse gerenciamento.

Integre as equipes

Do marketing de conteúdo ao atendimento ao cliente, todas as frentes de trabalho devem convergir.

Isso envolve uma comunicação efetiva, a criação de uma persona, conhecimentos acerca do funil de vendas, produção de conteúdo e mais.

Os colaboradores devem possuir um canal de comunicação acessível para garantir que todas as decisões sejam transmitidas uniformemente.

A equipe deve desenvolver uma persona para ter informações concretas sobre o tipo de público com o qual ela está trabalhando ou quer trabalhar.

Fazer o acompanhamento do funil de vendas é imprescindível, pois é ele que determina as possibilidades de um usuário fazer negócio com a empresa.

Por fim, a produção de conteúdo é importante para construir uma boa reputação na web e atrair mais pessoas.

Observe as métricas

Uma das maiores vantagens do marketing digital é a possibilidade de acompanhar estatísticas em tempo real.

Quem investe em uma campanha de anúncios, por exemplo, tem como saber a taxa de cliques e interações de cada anúncio veiculado.

Fazer esse acompanhamento continuamente garante que a equipe aja com rapidez caso a estratégia não der certo, além de mostrar concretamente quando a ação surte efeito.

Acima de tudo, essa é uma ótima maneira de saber mais sobre sua base de clientes.

Use soluções tecnológicas

Trabalhar com a internet pressupõe usar ferramentas tecnológicas para otimizar o ofício e alcançar resultados mais satisfatórios.

No caso do marketing no âmbito digital, isso pode ser feito por intermédio de softwares de automação de marketing.

Esse tipo de ferramenta possui uma série de funcionalidades muito pertinentes para incrementar estratégias e otimizar processos.

O lead tracking auxilia no acompanhamento dos leads no funil de vendas e o lead scoring possibilita que os membros da equipe organizem cada lead de acordo com pontuações que refletem a propensão deles a fazer uma compra.

A automação também é indicada para campanhas de e-mail marketing e gerência de redes sociais.

Faça benchmarking

É importante destacar que toda e qualquer estratégia de marketing deve se relacionar tanto com o ambiente interno, quanto com o ambiente externo de uma empresa.

Por isso, é imprescindível que a marca faça benchmarking, isto é, tomar conhecimento das ações empregadas por empresas concorrentes para compará-las com as suas ações.

Essa estratégia é útil para identificar os erros e acertos de empreendimentos similares, e dessa forma, descobrir qual é o melhor plano de ação.

Além disso, o benchmarking auxilia na identificação de novas oportunidades no mercado.

Quais são os cargos de um setor de marketing?

Como você pode perceber, a organização de um setor de marketing envolve muitas variáveis. Por isso, construir uma hierarquia é vital para que todas as etapas fluam como o esperado.

No topo temos o diretor de marketing. Ele é encarregado de todo o planejamento estratégico ligado tanto ao ambiente interno, quanto ao ambiente externo da empresa.

Em seguida, há o gerente. Ele pesquisa ostensivamente o público-alvo da empresa e alimenta a equipe com dados para basear e otimizar as estratégias.

É preciso estar sempre atento às tendências do mercado. Para isso, conte com um gestor de produtos. Ele deve manter contato com os clientes e pensar em métodos para lançar produtos novos.

Na frente mais administrativa, temos o analista de marketing e o assistente de marketing. Juntos, eles coordenam a distribuição de materiais promocionais e a promoção de eventos.

Por fim, o coordenador de marketing digital deve ficar responsável pela coordenação das estratégias no ambiente virtual.

A tecnologia está em permanente evolução, por isso, é comum que com o passar do tempo novos cargos surjam. 

Os cargos citados neste tópico são os mais típicos de um setor de marketing corporativo.

Por que investir nesse setor?

Criar um setor destinado para o marketing centraliza todas as decisões e os esforços acerca da área.

A integração e coordenação entre todos os profissionais é um dos segredos da importância desse setor. Confira outros a seguir.

Estratégias personalizadas

A reunião de um time comprometido com a empresa contribui para o desenvolvimento de estratégias personalizadas.

Quanto mais dados a respeito do público-alvo são captados, maior é a especificidade, e por consequência, o sucesso de uma ação.

Com todo um setor ao dispor do marketing, é possível definir objetivos a longo prazo e trabalhar nichos.

Execução profissional

Trabalho em equipe exige conhecimento e experiência. Com grandes profissionais reunidos em prol das mesmas metas, o resultado certamente será de alto nível.

É sempre interessante disponibilizar treinamentos e capacitações para garantir que todos os colaboradores acompanhem as evoluções tecnológicas.

Mais vendas

Quando há toda uma equipe dedicada a pensar e aplicar estratégias de marketing, as vendas tendem a crescer expressivamente.

Os responsáveis pelo marketing devem acompanhar de perto a jornada de compra de cada lead. Depois, transmitir as informações principais para a equipe de vendas.

Vê-se aí, mais uma vez, a importância de integrar todos os setores corporativos. 

Monitoramento constante dos resultados

Manter um acompanhamento cuidadoso dos resultados é a garantia de que todos os esforços da equipe surtirão efeito.

Se uma determinada ação não for bem-sucedida, a análise de relatórios de desempenho deve guiar os próximos passos da empresa.

Considerações finais

Portanto, o objetivo principal desse texto é apontar a importância de formar um setor de marketing na sua empresa e mostrar quais são os principais elementos do estabelecimento desse tipo de setor.

Sendo assim, contar com uma equipe competente e um planejamento estratégico firme são os pontos fundamentais.

Isto posto, o marketing é um elemento primordial da atividade corporativa, e investir nele é investir na longevidade da empresa.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem